Como marcas famosas podem alavancar seu negócio

Produtos licenciados ganham destaque no mercado competitivo e ajudam no fortalecimento da identidade de empresas

Popularidade, prestígio e vantagens de entrada em mercados competitivos são alguns dos benefícios em associar produtos e serviços a imagens licenciadas. Aqueles personagens ou marcas que já conquistaram grandes públicos podem alavancar pequenos negócios e ampliar não apenas o mercado consumidor como também as margens de lucro dos empreendedores. Mas como escolher ou contratar licenciados? No universo imenso de opções para diversos setores como saber em que linha apostar? Quais as tendências e o perfil de licenciados que irão dominar o cenário nos próximos anos?

A CrazyTechLabs vai estar presente na maior feira de licenciamento do mundo. Lá as grandes marcas apresentam seus novos portfólios e oferecem um canal direito de negociação de contratos de licença para o uso das imagens a que são retentoras. Personagens de desenho, filmes, séries, celebridades do mundo do entretenimento e da música e até figuras histórias estarão lá representadas por seus criadores ou pelos detentores dos direitos autorais.

Mas o que é e como funciona o licenciamento? Licenciamento é o direito contratual de utilização em produtos ou serviços da imagem, marca ou propriedade artística e intelectual e artística registrada pertencida ou controlada por outra empresa – criadora ou não do conteúdo desejado. A contratação é feita por tempo determinado e é paga por meio de royalties, que geralmente são negociados por percentual de faturamento gerado pela venda dos produtos ou prestação do serviço licenciado, ou por licenças de copyright, para os casos de personagens, celebridades ou obras artísticas.

Benefícios:
Atração do público-alvo
Vantagem sobre os concorrentes
Aumento da margem de lucro
Facilidade na entrada de grades mercados
Fortalecimento da marca da empresa

Contratar o licenciamento de marcas gera oportunidades de faturamento tanto para as empresas detentoras das marcas, por meio dos royalties, como para empreendedores, que agregam valor aos produtos que desenvolvem e aos serviços prestados com a associação de uma imagem ou personagem.

Os tipos de licenciamentos mais comuns são: obras de arte, personagens tanto do cinema e televisão quanto de videogames e desenhos animados, celebridades do mundo da música e do esporte, mas também museus e times esportivos e até universidades. Segundo a Associação Brasileira de Licenciamento – ABRAL, os segmentos que mais utilizam o licenciamento no Brasil são confecção, papelaria, brinquedos, calçados, higiene e cosméticos e alimentação.

As propriedades mais exploradas estão relacionadas ao entretenimento. Personagens de desenho animado, quadrinhos filmes de super-heróis são os favoritos do público infantil. Estas opções respondem a quase 70% do mercado de licenciamento no Brasil. A grande campeã mundial é a Disney, que é uma das maiores licenciadoras de personagens do mundo e fatura mais com o licenciamento, estampando suas marcas e personagens em milhões de produtos pelo globo, do que com a bilheteria de filmes e animações. Aqui no Brasil quem ganha destaque é o grupo Maurício de Souza Produções, que atua no mercado desde a década de 70.

Micro e Pequenas Empresas Não importa o tamanho do seu negócio, micro e pequenas empresas podem se enquadrar como licenciados. Toda empresa está apta a agregar valor aos seus produto ou serviços por meio da associação a imagens reconhecidas e de forma legal. Não é um processo difícil, mas as grandes marcas são rigorosas e alguns pontos importantes merecem grande atenção.

Como todo contrato legal, o processo de licenciamento tem condições e termos que devem ser respeitados por ambas as partes. Além do pagamento da remuneração financeira ao licenciador, cláusulas de multas devem ser bem negociadas e deve haver um bom planejamento da empresa para cumprir com todas as exigências de qualidade e distribuição.

Para isso, uma análise financeira sobre a viabilidade do licenciamento deve ser realizada considerando diversos aspectos, entre eles: análise de custos de produção, previsão de volume de vendas e contratações, e organização dos canais de distribuição.

Pirataria Driblar a legalidade do processo de licenciamento e fazer uso de imagens e marcas sem autenticidade é um risco gigantesco. Colocando na ponta do lápis, não vale a pena. Quando há flagrante de pirataria, toda mercadoria é apreendida imediatamente e os responsáveis diretos e indiretos respondem criminalmente por isso. Em alguns casos, quando o detentor da imagem reconhece que havia vício e má-qualidade, além da punição penal, a empresa responde civilmente por crime de perdas e danos morais.

Tendências do Mercado Outra atenção fundamental para quem quer alavancar o negócio utilizando licenciamentos é estar antenado às tendências de mercado. Contratos de licenciamento são firmados por tempo limitado, mas podem durar anos. Saber escolher qual imagem se adequa da melhor forma ao produto ou serviço, à identidade da marca e ao público-alvo é o básico. A chave do sucesso está na diferenciação e na melhor aposta para surpreender o público e alcançar aquela fatia do mercado que fará a diferença na prosperidade de longo prazo da empresa.

A CrazyTechLabs vai estar presente na LicensingExpo2018 para trazer o que está em destaque no mundo do licenciamento mundial, apresentar as grandes novidades do mercado e apontar para qual sentido as grandes marcas estão fazendo suas apostas.

Para saber mais entre em contato com o nosso time.

Carolina Khodr

Especialista em Comunicação Organizacional e Relações Públicas pela Faculdade Cásper Líbero
Diretora de relações institucionais com imprensa e gestora de conteúdo na CrazyTechLabs
Apresentadora do TransNotícias, programa diário da Rádio Transamérica Brasília, 100.1FM
Com mais de dez anos de experiência no jornalismo, atuou na cobertura de temas nacionais para grandes veículos, como TV Cultura e CorreioBraziliense, liderou a coordenação de pauta de política nacional para a RedeTV! e gerenciou a assessoria de imprensa de pequenas, médias e grandes empresas de diferentes segmentos em Brasília.